.

.

Este militante anti-cinzentista adverte que o blogue poderá conter textos ou imagens socialmente chocantes, pelo que a sua execução incomodará algumas mentalidades mais conservadoras ou sensíveis, não pretendendo pactuar com o padronizado, correndo o risco de se tornar de difícil assimilação e aceitação para alguns leitores! Se isso ocorrer, então estará a alcançar os seus objectivos, agitando consciências acomodadas, automatizadas, adormecidas... ou anestesiadas por fórmulas e conceitos preconcebidos. Embora parte dos seus artigos possam "condimenta-se" com alguma "gíria", não confundirá "liberdade com libertinagem de expressão" no principio de que "a nossa liberdade termina onde começa a dos outros".(K.Marx). Apresentará o conteúdo dos seus posts de modo satírico, irónico, sarcástico e por vezes corrosivo, ou profundo e reflexivo, pausadamente, daí o insistente uso de reticências, para que no termo das suas análises, os ciberleitores olhem o mundo de uma maneira um pouco diferente... e tendam a "deixá-lo um bocadinho melhor do que o encontraram" (B.Powell).Na coluna à esquerda, o ciberleitor encontrará uma lista de blogues a consultar, abrangendo distintas correntes político-partidárias ou sociais, o que não significará a conotação ou a "rotulagem" do Cidadão com alguma delas... mas somente o enriquecimento com a sua abertura e análise às diferenciadas ideias e opiniões, porquanto os mesmos abordam temas pertinentes, actuais e válidos para todos nós, dando especial atenção aos "nossos" blogues autóctones. Uma acutilância daqui, uma ironia dali e uma dica do além... Ligue o som e passe por bons e espirituosos momentos...

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

O SENHOR VALIUM


O SENHOR VALIUM
 

domingo, 30 de setembro de 2012

sábado, 15 de setembro de 2012

ISTO É PREOCUPANTE!



ISTO É PREOCUPANTE!


E também é preocupante estes senhores tecnocratas pretenderem em três anos recuperar o esbanjado pela desgovernação das legislaturas anteriores...

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

ECCE HOMO !



ECCE HOMO!

 Até há bem poucos dias, a anciã Cecilia Giménez não passava duma cidadã desconhecida, mas de agora em diante já tem uma legião de fãs na Web, sendo-lhe difícil descolar-se da identidade de famosa “restauradora” do Ecce Homo.

Preocupada com o estado avançado de deterioração em que se encontrava a obra assinada por Elías García Martínez, a devota octogenária resolveu retocar a pintura que decora o Santuário da Misericórdia na cidade de Borja, reinado de Aragão!

Desde então, este episódio insólito deu azo a bastantes outras experiências criativas!
 

O ousado trabalho da artista espontânea representa um acto de amor cativante e o reflexo inteligente da degradante situação política e da crise de valores deste tempo, questionando o surgimento de hipotéticos ídolos alternativos.

A autora espontânea do restauro é comparada a grandes nomes da pintura expressionista como Van Gogh, Kirchner, Goya, Munch e Modigliani.
 

O trabalho desenvolvido pela beata tem sido alvo da atenção de vários curiosos que nos últimos dias vêm satirizando o acontecimento, estando também a fazer furor entre os apreciadores do expressionismo primitivo.
 
A nova versão do Ecce Homo é considerada como um óptimo instrumento de estudo comportamental por influência de transtornos psíquicos, perturbações obsessivo-compulsivas, estados de senilidade galopante ou complicações de visão como sejam cataratas, astigmatismos, miopias, ciscos e outros argueiros de diversificada espécie.

Segundo uma nota do Centro de Estudos Borjanos publicada pelo El País, nos States há uma instituição interessada em analisar este fenómeno segundo o ponto de vista sociológico e uma agência de publicidade que gostaria de explorar o seu impacto mediático!
 
O caso insólito foi detectado por este Centro de Estudos de Borja que disponibilizando uma equipa especializada em restauros, contará com a preciosa colaboração da D. Cecília que lhe explicará sobre a percentagem de dissolvente e pigmentos aplicados, as espessuras dos traços e a técnica empregue no manejo do pincel, dando início a uma análise pormenorizada do fresco no sentido de avaliar a possibilidade da sua recuperação...
...pese o facto de muitos cibernautas e outros críticos defenderem a idéia de que esta excelente obra prima dum impressionismo deslumbrante que nos reporta à mona lisa do Dá Vinci, não se entendendo muito bem se para desmanchar a rir ou ralhar e oportunamente reavivada pela mão da velhinha visionária de Borja, se deva manter conservada em "estado bruto...”

sábado, 18 de agosto de 2012

OS NINGUÉNS



OS NINGUÉNS


“As pulgas sonham em comprar um cão como sonham os Ninguéns em fugir da pobreza... e que algum dia, por magia, dos céus chovam cântaros de sorte, que a sorte os bafeje, mas como a sorte não lhes sorriu ontem, não lhes sorri hoje nem nunca na vida lhes sorrirá e jamais uma gota de sorte lhes será enviada dos céus, por mais que os Ninguéns a clamem, por mais que se cortem na mão esquerda, se ergam do chão com o pé direito ou comecem o ano a trocar de vassoura, os Ninguéns serão sempre filhos do incógnito e donos do nada. 
Os Ninguéns, os nenhuns, negados por todos, correndo como coelhos, morrendo ao longo da vida, serão eternamente anónimos, chulados, fodidos, re-fodidos e mal pagos, fugindo constantemente da vida que lhes é caucionada...
Aqueles que não são alguém, mesmo que o sejam...
Aqueles que não falam idiomas, mas dialectos...
Aqueles que não professam religiões, mas superstições...
Aqueles que não fazem arte, mas artesanato...
Aqueles que não são seres humanos, mas recurso humano...
Aqueles que não têm cultura, mas folclore...
Aqueles que não têm rosto, mas braços...
Aqueles que não têm nome, mas são um número...
Aqueles de quem não reza a história universal mas aparecem nas noticias negras dos jornais são os Ninguéns que valem menos do que a bala que os mata e se suicidam... a eles, com eles e para eles...
Aos mais pobres, aos mais fodidos, àqueles que ninguém quer ver... aos que não contam... aos discriminados... aos explorados... aos privados dos seus direitos... aos ignorados... aos excluídos... aos que clamam por justiça e sonham com a dignidade... aos que gritam "BASTA"... 
Aos que morrem de fome... aos que padecem dos abusos... a eles, com eles e para eles”

Eduardo Galeano

 

domingo, 22 de julho de 2012

Paulina Pereira



Paulina Pereira
1965____________________________________ 2012
Mais um lindo sorriso que se apagou no combate aos fogos florestais.

sexta-feira, 20 de julho de 2012

José Hermano Saraiva



José Hermano Saraiva
 3 de Outubro de 1919   __________    20 de Julho de 2012

-Como é que o senhor gostava de ser retratado na memória futura?

-A falar!  A falar...
  

terça-feira, 1 de maio de 2012

Miguel Portas


Miguel Portas 
 
1 de Maio de 1958   -   24 de Abril de 2012

um exemplo de amizade

um exemplo de activismo